Janeiro branco: quem cuida da mente, cuida da vida!

Assim como o mês de setembro é amarelo, o de outubro é rosa e o novembro é azul, o janeiro é branco. Mas você sabe por quê? Você sabe qual o intuito da Campanha Janeiro Branco? É sobre isso que vamos conversar agora.

A Campanha Janeiro Branco é um movimento de conscientização sobre uma saúde que é pouco cuidada: a saúde mental. Essa é uma campanha dedicada a colocar os temas da saúde mental em evidência. Isso é feito em nome da prevenção e do combate ao adoecimento emocional da humanidade. Muitas pessoas não dão a essa saúde a atenção que ela necessita, mas sem ela o corpo não funciona. Portanto é necessário que o preconceito que foi criado pela própria  sociedade, seja desmistificado e desconstruído. Essa é uma das missões do Janeiro Branco: esclarecer sobre a importância da saúde da mente. O preconceito é refletido, inclusive, na forma como se vê a atuação dos profissionais da área.

Você pode se perguntar: mas por que esta cor? Por que o branco? Os responsáveis pela Campanha explicam que a escolha da cor foi realizada com o intuito de aproveitar a simbologia do início de todo ano e desse modo incentivarem as pessoas a pensarem sobre si, sobre os seus relacionamentos e sobre o que fazem para investir e garantir a saúde mental e emocional.

Logo, esse mês é voltado para a luta por um mundo melhor. Um mundo onde a humanidade tenha mais amor e seja mais responsável por si. Essa responsabilidade não se restringe só ao corpo, o físico, mas sim a psiquê que é quem coordena todo o funcionamento da máquina que somos. Então, se o motor desta máquina estiver falho ou gasto, o seu funcionamento não será o mesmo. É desse modo que funcionamos! Se queremos vida, precisamos cuidar dela!

Muitos pensam que conseguem lidar sozinhos com os sentimentos, porém a ajuda de um profissional é uma alternativa para evitar períodos mais críticos. Desse modo é possível perceber a necessidade existente em ajudar as pessoas e instituições a entenderem que prevenção ao adoecimento emocional pressupõe mudanças no estilo de vida e mais sentido em todo estilo de vida! Essa é a nossa missão, é a missão da Ventura: servir no suporte e desenvolvimento de saúde e qualidade de vida. Porque quem cuida da mente, cuida da vida! 

Ano Novo é realmente vida nova?

Ano Novo é realmente vida nova?

Por Abelardo Lemos

Está em nós a idéia de que a passagem de ano é um momento de mudanças em nossa vida. Pode ser.

Algumas pessoas esperam simplesmente o milagre da mudança, que o ano novo trará a vida nova. Outras planejam e não cumprem, não executam nada do planejado. Uma pequena parcela realmente planeja e executa a mudança.

Considero todo o ciclo de planejamento e execução da mudança pessoal como uma negociação que o indivíduo faz consigo mesmo.

A tradição judaica considera sagrado o momento em que duas pessoas tentam estabelecer uma troca em que seja otimizado o ganho para os dois. Consideram, também, o inferno quando um dos negociadores se considera perdedor, entendendo que os dois perderam.
Falta de consciência é o que leva à espera do milagre ou ao planejamento de metas não factíveis. Já ouvi comentários do tipo: “estabeleci as metas sabendo que jamais tentaria alcançá-las”

Às vezes há uma descrença intrínseca, essencial, na própria capacidade de realizar mudanças pessoais. Há boicote de toda forma.

Will Schutz lembra que a pessoa só muda se quiser. Quando quer mudar, necessita de duas coisas ao mesmo tempo: consciência e autodeterminação. Há pessoas totalmente conscientes de que precisam parar de fumar, de perder peso, de praticar atividade física, estudar inglês etc, mas não tem a mínima disposição para isso. Outras pessoas são determinadas mas não enxergam a necessidade de mudança.

Então vamos negociar para ganhar. Vamos aproveitar o momento, o clima, para refletir se precisamos mudar, identificar quais são essas mudanças e como fazer para alcançá-las.

Sugiro um número pequeno de metas: uma, duas, no máximo cinco. O uso brutal de honestidade para estabelecer a possibilidade de alcance (a meta é atingível?). A descrição de como fazer. Prazos compatíveis com a realidade. Resultados mensuráveis.
Tudo isso com uma suave e carinhosa firmeza; por escrito para que não haja dúvidas, aliás, dúvida atrapalha bastante essa tarefa.

Sugiro, ainda, que após, feito o plano, partir para o cumprimento. Aí entra a tal da autodeterminação. Com carinho e paciência, olhar para o plano todo dia, como quem faz uma oração diária; acompanhar cada resultado, comemorar pequenas vitórias.

Assim será alcançada a mudança. Bom Ano Novo e Feliz Pessoa Nova!

O amor é o sentimento do Natal

As cores e luzes apontam na cidade para lembrar que está chegando o Natal. No automatismo
dos dias, datas festivas nos ajudam a mudar um pouco a rotina e ceder espaço para celebrar
momentos que deveriam ser reconhecidos com frequência.

A decoração dentro e fora dos muros deixa claro uma mudança de cenário. Além das luzes que
encantam diversas gerações, o que mais me chama atenção são os presépios. Todos os
personagens estão posicionados em seus devidos lugares, mas é a manjedoura vazia quem
atrai meu olhar. Tanto faz se o presépio é simples ou luxuoso. Pouco importa. Se no centro
dele não encontra-se o amor.

O amor que pode vir na simplicidade de uma bala comprada no sinal ou no carinho de um
abraço, um toque no ombro ou um afago no cabelo. Amor que te lembra de tomar os
remédios na hora ou prepara a sua comida quando você chega em casa cansado. Amor que te
encoraja com palavras e te faz querer seguir adiante mesmo sem saber como. Amor silencioso
que te escuta com a alma e segura a tua mão com os olhos.

Existem diferentes formas de amar, de pensar, de estar no mundo. Natal simboliza um marco.
Uma história que foi dividida em antes e depois. Antes do amor. Depois do amor. A
oportunidade de construir um novo mundo. O amor traz esperança, transforma pedra em pão,
multiplica, cura e liberta. Foi uma luz que reuniu e guiou três homens de localidades diferentes
e desconhecidos em uma jornada em meio ao deserto. Cada um levava o que podia rumo ao
desconhecido que iria mudar as suas vidas. Se você se encontra em meio ao deserto,
maltrapilho e miserável, olhe para dentro e diga: “faça-se luz!”.

Quando você nasceu, acendeu-se uma centelha divina. São as nossas diferenças que fazem o mundo ser colorido e brilhante.

Todo dia existe oportunidade para recomeçar. Todo dia existe oportunidade para amar. Todo
dia pode ser Natal!

Criatividade como liberdade de ser, viver, criar, transformar e evolui

Quando consultamos a definição de Criatividade ela parece pertencer a algumas pessoas privilegiadas ou estar desconectada da nossa identidade.

Veja esta descrição:

“Inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo etc.”
Jacob Levy Moreno (1898/1974) foi um estudioso das relações humanas ou do ‘homem em relação’; encontrou no teatro a representação dramática e aplicando-a à cenas da vida de clientes como uma forma de compreender o homem e sua espontaneidade, seus sentimentos, sintomas e conflitos, buscando soluções.

Vamos, então, abordar a criatividade na perspectiva do médico, psiquiatra romeno Jacob Levy Moreno , criador dos métodos e técnicas de intervenção terapêutica : Psicodrama, Sociodrama, Psicoterapia de Grupo dentre outros.

Moreno considerou o nascimento do ser humano como um momento de máxima expressão do potencial de Espontaneidade e Criatividade, refere-se à presença de uma centelha divina e ao esforço do bebê para nascer, como o primeiro ato espontâneo e criativo do ser humano.
Desta forma, Moreno aponta que toda ação humana é impulsionada pela Espontaneidade, que resulta em Criatividade e que, concluída tal Criação, a mesma se transforma em uma Conserva Cultural (aquilo que está acabado, como uma obra de arte concluída ou um livro na biblioteca).

Moreno alertou que este processo não se conclui na Conserva Cultural pois como em um movimento dialético, após a Conserva Cultural, potencializa novamente a Espontaneidade, depois a Criatividade e novamente a Conserva Cultural, em movimento contínuo. Há no ser humano a necessidade de novos atos espontâneos e criativos, como um potencial natural de todo ser e grupos humanos, que reproduz a criação divina em nós, como co-criadores.

A submissão a padrões e normas socioculturais inflexíveis e contextos de sofrimento reduz o potencial espontâneo e aumenta a ansiedade gerando transtornos psíquicos e relacionais. A doença tem sua raiz na falta de espontaneidade e expressão da criatividade, quando o ser humano se submete à Conserva Cultural, torna-se robotizado e sua força criativa fica estagnada e ele sem ação.

A espontaneidade atua em todos os planos das relações humanas , quer seja brincar, comer, dormir, um produto novo, a vida religiosa, social ou numa criação artística.
Na concepção de Moreno ser espontâneo não significa fazer ou dizer o que se quer e provocar mal estar no outro. Significa ser criativo dando uma resposta adequada à uma situação antiga ou uma resposta nova e assertiva em uma situação inusitada, gerando atos criativos que agregam transformação e evolução.

A CRIATIVIDADE como expressão da espontaneidade nos permitirá vivenciar e captar a realidade e a realidade humana como ela é, se permitindo ser, viver e criar, transformar e evoluir.

Quem sobreviverá em uma sociedade rígida ou repetitiva em seus padrões? Moreno respondeu que sobreviverá aquele que mantiver viva sua espontaneidade e que possa expressar sua criatividade em todas as idades e em todos os papéis que desempenhar na vida.

Que o cuidado à saúde inclua terapias que possam devolver a espontaneidade ao paciente.

Constelação Familiar Individual: Como funciona?

Você já deve ter visto fotos de bonequinhos Playmobil associadas ao tema da Constelação Familiar.  Como então, essa terapia acontece?

Os bonecos são os representantes do Sistema Familiar em substituição a um grupo voluntario de pessoas que representam personagens reais da vida do cliente , sintomas ou outras situações  ocorridas na família. Esta metodologia foi criada pelo casal de alemães Jakob   Schneider.

Atualmente alguns Consteladores  utilizam também outros objetos como peças de xadrez, almofadas, pedras, bonecos de madeira etc. 

Com estes recursos e diante do cliente que vem constelar sua questão, o profissional aplica os conceitos e método das Constelações familiares.

A base se estabelece na conexão entre informações incoscientes que possam resgatar a “Ordem do Amor” no sistema familiar e na vida do cliente ao, buscar uma possível solução para a questão em pauta .

Segundo Bert Hellinger  as posições e os movimentos  que são feitos com os objetos,  obedecem ao ‘campo morfogenético’,  perceptualmente  expressam  as informações de experiências vividas por familiares e multigerações, como uma espécie de holograma do inconsciente familiar. 

Desse modo, o cliente tem a possibilidade de observar de fora os movimentos inconscientes e conscientes dos representantes(bonecos), de personagens representativos das relações familiares ou de outros sistemas em interação. 

Para se submeter a uma Constelação,  o primeiro passo é busca um profissional com formação em  Constelação Familiar.

Caso o cliente esteja em Psicoterapia e se for do interesse do profissional , poderá  ter  acesso à Constelação com o mesmo.  É possível que as informações que surgirem na Constelação  sejam importantes para o processo de crescimento do cliente.

Então, ficou interessado em fazer Constelação Familiar  Individual, com os bonecos? 

Converse com um de nossos Terapeutas de Constelação Familiar.  

Faça o curso de ThetaHealing em Fortaleza, Ceará

Venha resgatar o seu poder inato e ancestral de se conectar com a fonte e viva a sua melhor versão.

“O curso de ThetaHealing  é transformador”, é como traduzem todos que tiveram a oportunidade de participar! Agora, o curso chega a Fortaleza e todos podem conferir de um momento incrível consigo mesmo!

DNA BÁSICO

O que você irá aprender?

▪O poder das Palavras e Pensamentos
As palavras têm um efeito incrível em nossa vida e talvez elas o esteja impedindo de progredir sem que você saiba.

▪Limpar Crenças Negativas
Aprenda a limpar pensamentos e sentimentos negativos, tais como: raiva, vingança, ressentimento, remorso, rancor, agressividade, ciumes, inveja e amargura.

▪Os 7 Planos da Existência
Aprofunde a compreensão e o acesso à energia de cada um dos Sete Planos da Existência.

▪Manifestação
Você quem cria sua vida? Ou tudo está predestinado a ser como será? Aprenda o conceito de manifestação e saiba como co-criar a realidade que você sempre sonhou através do Criador de Tudo o Que É.

▪Ondas Cerebrais
As ondas cerebrais estão sempre em movimento visto que o cérebro está constantemente produzindo ondas em todas as frequências. A cada situação teremos uma frequência dominante.

▪Limpar Programas Limitantes
Saiba como limpar do seu sistema os programas de rejeição, ressentimento e remorso, assim como o excesso de medo, trauma e choque que nos acompanham.

▪Como Conectar-se com o Anjo da Guarda
Aprenda como se conectar e receber informações do seu Anjo da Guarda.

▪Sentidos Psíquicos e Chakras
A energia elétrica das ondas cerebrais tem uma conexão direta com o que são chamados de “Sentidos Intuitivos”. Aprenda como equilibrar e harmonizar os seus chakras ou de outras pessoas.

▪Substitua suas crenças
Aprenda como encontrar uma crença negativa e limitante e como substituir por uma nova crença.

▪Ativação do DNA
Através da ativação nos reconectamos com poderes ancestrais que carregamos nos nossos filamentos genéticos.

O que Você receberá no Curso?

▪Treinamento Completo – ThetaHealing
▪Livro “ThetaHealing”;
▪Apostila Oficial;
▪Coffee break;
▪Certificado de Conclusão Internacional reconhecido pelo THINK
▪Registro no site Oficial www.thetahealing.com;

Data: 09, 10 e 11/11
Fortaleza – Ce
Informações e inscrições wpp: 85 9 99541863/ 988531821
serdeluzterapias.com.br

link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/182711939277348/?ti=as

os cursos da Think tem valores padrões em todos os países e a certificação é internacional 💚

Investimento: R$ 197,00

Curso: R$ 1.290,00 em até 6 x ou R$ 1.190,00 à vista

Incluso: apostila e livros oficiais, certificado internacional, coffee breaks, registro nos sites oficial.

Caso a inscrição seja feita no dia da primeira aula, o valor do curso sofrerá acréscimo na quantia de R$ 50,00 no valor da inscrição e no valor do curso, totalizando R$ 100,00.

Stephan Hausner vem a Fortaleza em agosto

Família, Saúde e Doença são temas centrais no trabalho do terapeuta que conduzirá um seminário Internacional sobe constelações sistêmicas
 
Pela primeira vez em Fortaleza, o terapeuta reconhecido internacionalmente pelo trabalho com constelações familiares, Stephan Hausner participará durante três dias do seminário “Sintomas, Doenças e Constelações Sistêmicas”. O evento acontece no Hotel Praia Centro, das 9h às 18h30 no fim de semana de 31 de agosto a de setembro.
 
Stephan Hausner é médico naturalista, experiente constelador e professor do método das constelações familiares, com atuação em 25 países. Ao longo de muitos anos de trabalho, Hausner percebeu uma ligação entre a doença, o comportamento do paciente e dinâmicas familiares ocultas.
 
Autor do livro “Constelações e o Caminho da Cura”, que já foi traduzido a dez idiomas, Hausner apresenta relatos de pacientes que descobriram na constelação novos caminhos e recursos de autocura de doenças como câncer, esquizofrenia, lúpus, alergias, dores de cabeças crônicas, alcoolismo, psoríase, endometriose, depressão, entre outras.
 
Há mais de 10 anos o pesquisador Hausner participa do projeto de investigação internacional “SISC-Studie”, que descreve os diferentes processos e efeitos das constelações em diversas doenças, dirigido por Dr. G. Weber no Instituto de Soluções Sistêmicas em Wiesloch, Alemanha.
 
Quem traz Stephan Hausner a Fortaleza é o Instituto Brasileiro de Soluções Sistêmicas (IBS). Para Dagmar Ramos, médica psiquiatra fundadora do instituto, a oportunidade de ouvir e assistir a atuação de Hausner é única. Depois de uma introdução às bases da constelação familiar e aos procedimentos usados com pessoas enfermas, Hausner realiza sessões com os participantes.
 
Saiba mais sobre as constelações
 
As constelações sistêmicas podem dinamizar o tratamento médico, principalmente quando este não obteve sucesso. O exame do quadro familiar, abrangendo várias gerações, pode ser um elemento importante no plano de um tratamento integral. Fruto de anos de pesquisa e prática clínica, Stephan Hausner proporciona uma visão esclarecedora do potencial terapêutico das constelações sistêmicas.
 
Biografia de Stephan Hausner
 
Stephan Hausner é médico naturalista formado na Universidade Josef Angerer em Munique. Desde 1988 tem o seu próprio consultório onde atende nas especialidades fisioenergética e osteopatia.
 
Entre 1990 e 1995 foi docente em várias universidades naturalistas.
 
Ele também se especializou em outros métodos da psicoterapia humanista com autores como: Dr. Carl O. Simonton, Dr. Jeanne Achterberg, Dr. Max Schupbach, Dr. Anngwyn St. Just (Arizona Center for Social Trauma Therapy).
 
Em 1993 se formou no método sistêmico-fenomenológico das Constelações Familiares de Bert Hellinger. Ele tem participado em grupos de formação de vários institutos internacionais.
 
Stephan também é membro do corpo docente de terapia da Sociedade Alemã para Constelações Sistêmicas (DGfS) www.familienaufstellung.org , assim como da “International Systemic Constellation Association” (ISCA) www.isca-network.org.
 
Desde 1995 facilita workshops de Constelações na Alemanha, Austria e Suiza, e desde 2000 facilita workshops terapêuticos e de formação em institutos internacionais em mais de 45 países nos cinco continentes.
 
De 2007 a 2008 Stephan trabalhou como facilitador de constelação sistémica para doentes pertencentes ao departamento de psicosomática da clínica em Simbach am Inn na Alemanha. Junto a este trabalho ele colabora com o colégio de médicos da Bavaria, sendo formador de médicos na clínica psicosomática em Simbach.
 
Entre 2007 e 2010 participou do projeto de investigação internacional “SISC-Studie” que descreve os diferentes processos e efeitos das constelações em diversas doenças, dirigido por Dr. G. Weber no Instituto de Soluções Sistêmicas em Wiesloch, Alemanha.
 
Ele também realizou a formação em “Attachment – Based Therapy”, dirigida pelo Dr. Brisch, SAFE Mentor.
 
Em 2012 ele fez a formação em terapias com orientação em Mindfulness – “Presence in Stillness”, M. Boxhall – “Sharing the Presence” e “Comunicación Transparente”, T. Huebl.
 
De 2013 a 2015 realizou a formação “Timeless Wisdom Training” com T. Huebl também.
 
Serviço:
 
Sintomas, Doenças e Constelações Sistêmicas
 
31 de Agosto, 01 e 02 de Setembro – 9h às 18:30 horas.
 
Local: Hotel Praia Centro – Av. Monsenhor Tabosa, 740 – Praia de Iracema, Fortaleza – CE.
 
Inscrições no site: http://bit.ly/inscricoesstephanhausner

Conheça 5 dicas de meditação do Drupon Lam Dorje

A prática da meditação oferece a você uma conexão com algo maior e permite que você esteja mais  alinhado aos seus propósitos mais profundos de vida, motivando a buscar e seguir um caminho pacífico.
 
Veja algumas dicas do Drupon Lama Dorje, que já esteve conosco em Ventura partilhando sua sabedoria:
 
1. Procure sempre fazer sua prática de meditação no mesmo horário. Se for pela manhã, a sugestão é  não pratica-la na cama. A cama é um lugar onde você foi condicionado, na vida inteira, a ficar em silêncio e depois dormir, provavelmente, se você tiver seu momento de silencio aí, vai cair no sono novamente. É fundamental sair da cama e se movimentar.
 
2. Siga sua rotina diária de higiene antes da prática. Lave o rosto, escove os dentes, assim você terá menos distrações. Enquanto arruma o espaço, hidrate-se, beba um pouco de água, chá ou até mesmo café, se estiver acostumado.
 
3. Escolha um lugar na sua casa onde você sempre passará o seu momento de silencio. A sugestão é que seja um lugar tranquilo, converse com seus familiares para que aquele espaço seja respeitado durante sua prática. Explique que é um momento de silêncio e não seria bom ser interrompido. Qualquer que seja o lugar, na sala, no porão, faça questão que todos respeitem o seu espaço de silêncio naquele determinado momento.
 
4. O lugar deve estar limpo e arrumado, e, na verdade, a primeira coisa que fazemos quando chegamos é limpar um pouco, tirar o pó ou arrumar. Mesmo que o lugar já esteja limpo fazemos isso, porque permite com que nos movimentemos inclinando o corpo, movimentando os braços. Desligue o seu celular, feche a porta, tenha certeza que esse momento será só seu. Sua prática inicia quando você se prepara para ela, por isso, enquanto arruma o lugar, mantenha sua mente atenta. Enquanto limpa o lugar, imagine uma limpeza sendo feita nos seus negócios, na sua vida, na sua mente. Crie um hábito de manter a mente atenta nos afazeres mais simples do dia. Estando realmente calmo e arrumado, o lugar ajudará a sua mente a se acalmar.
5. Inicie a meditação em uma postura confortável, podendo durar pouco tempo no início e aumentar este tempo de acordo com seu ritmo natural. Vise relaxar o corpo e esvaziar a mente , dentro do possível, apenas atentando-se à sua respiração.
 
Depois, conte-nos como foi sua experiência, estaremos aqui para ajudar e conduzir uma melhor prática de meditação.
 

Saiba quais os malefícios do carboidrato para o coração

Atualmente, discute-se muito sobre os culpados pelo surgimento dos problemas cardíacos ou da obesidade e a gordura sempre foi apontada como a principal vilã. Porém, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Hamilton, no Canadá, os carboidratos, quando ingeridos em excesso, são mais prejudiciais ao coração do que a ingestão de gordura, principalmente os refinados e o açúcar.

Ainda segundo o estudo, o alerta é porque esses alimentos com alto nível de carboidrato, como pão branco, massas e bolos possuem um elevado teor glicêmico. Segundo o cirurgião cardíaco e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Dr. Elcio Pires Júnior, o corpo absorve rapidamente os produtos à base de carboidratos, elevando a glicose e, consequentemente, gerando um estresse na parede interna das artérias.

“Além de estar relacionado com problemas como hiperglicemia, diabetes e aumento dos níveis de colesterol e de triglicerídeos sanguíneos, o consumo em excesso gera um aumento de peso e de gordura corporal”, ressalta o especialista.

Porém não se deve retirar o carboidrato da dieta, pois a ausência desse nutriente no corpo pode afetar o funcionamento correto do cérebro, a disposição para realizar tarefas simples do dia a dia, queda de pressão e até mesmo o crescimento muscular.

“Priorizar um consumo consciente tanto de carboidratos quanto de gordura é importante. Algumas gorduras, como as encontradas em peixes e azeite de oliva, são ótimas, pois podem proteger contra doenças cardíacas”, diz Élcio Pires.

Antes de adotar qualquer restrição na alimentação é importante consultar um médico, pois é preciso levar em conta cada alimento e o equilíbrio entre eles. Respeitando os limites do corpo e tentando evitar os excessos, que é o maior problema na alimentação.

Ir a shows de música ao vivo aumenta expectativa de vida, diz pesquisa

Os fãs de música têm um motivo para comemorar: de acordo com pesquisa da Universidade de Goldsmith, de Londres, em parceria com a arena britânica O2, ir a uma apresentação ao vivo de seu artista favorito eleva o bem-estar pessoal em 21%. Além disso, quem vai a shows com frequência pode viver até nove anos a mais.

As informações são do site Metrópoles.

Ver uma apresentação de música pode ainda aumentar em 25% o amor próprio e a proximidade com os outros, além de fazer crescer em 75% o estímulo mental.

“Chegamos a uma prescrição de um show por quinzena, isso pode ajudar a viver quase uma década a mais”, comentou o pesquisador Patrick Fagan. “Comparecer a apresentações ao vivo regularmente é a chave”, afirma.

A mesma pesquisa mediu os níveis de satisfação dos participantes em outros atividades, como praticar ioga e passear com cachorros. Os atos fizeram subir o bem-estar geral em 10% e 7%, respectivamente.
Um dos mecanismos pelos quais a ansiedade social surge é através do foco excessivo em si mesmo e nos erros percebidos em situações sociais. Para os indivíduos com ansiedade social, esse foco em erros percebidos diminui a interação social”, defendeu o coordenador ao PsyPost.